Português | English

ISSN (Impressa): 2359-4802 | ISSN (Online): 2359-5647




Edição: 29.5 - 11 Artigo(s)




Voltar ao Sumário






ARTIGO ORIGINAL
http://www.dx.doi.org/10.5935/2359-4802.20160065


Risco Cirúrgico e Funcionalidade em Pacientes Submetidos à Cirurgia Cardíaca
Surgical Risk and Functionality in Patients Undergoing Heart Surgery

André Luiz Lisboa Cordeiro, Alina Ávila Oliveira Ribeiro Brito, Isabela Carvalho, Jessielle Oliveira, André Raimundo Guimarães, Thiago Melo de Araújo, Giulliano Gardenghi

Resumo

FUNDAMENTO: A cirurgia cardíaca pode levar a um declínio da função pulmonar e periférica. O EuroSCORE avalia o risco da cirurgia cardíaca, e a mensuração da independência funcional verifica a capacidade para desempenhar atividades funcionais.
OBJETIVO: Identificar a correlação entre uma escala de risco cardíaco e a funcionalidade de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca.
MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal prospectivo, realizado com pacientes submetidos à avaliação da funcionalidade no período pré-operatório, por meio da mensuração da independência funcional e de avaliação pelo EuroSCORE, afim de estabelecer o nível de risco para a cirurgia cardíaca. Após o procedimento cirúrgico, no primeiro dia após alta da unidade de terapia intensiva, a mensuração da independência funcional foi reavaliada e comparada com o valor inicial.
RESULTADOS: Incluímos 52 pacientes (55,8% homens) com média de idade de 56,9 ± 14,2 anos. A média da mensuração da independência funcional pré-operatória foi de 125,4 e a pós-operatória 106,78. Foi aplicado o teste t, que mostrou redução significativa entre os períodos analisados, com o valor de p = 0,000. Ao correlacionar os valores da mensuração da independência funcional pós-operatória com o risco cardíaco, observou-se relação importante, sendo p = 0,006 e r = -0.37.
CONCLUSÃO: Uma avaliação pré-operatória demonstrando um maior risco cardíaco tem impacto negativo sobre a funcionalidade de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca. (Int J Cardiovasc Sci. 2016;29(5):385-389)

Palavras-chave: Infarto do Miocárdio / cirurgia, Cirurgia Torácica, Procedimentos Cirúrgicos Cardíacos, Risco, Fisioterapia.

 






Baixe agora o aplicativo do International Journal of Cardiovascular Sciences,
disponível para todos os dispositivos móveis.



Desenvolvido pela Tecnologia da Informação e Comunicação da SBC | Todos os Direitos Reservados © Copyright 2016 | Sociedade Brasileira de Cardiologia | tecnologia@cardiol.br